quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Big Brother Brasil

Recebi este texto por e-mail de uma pessoa muito querida, estudante de doutorado do curso de pós-graduação em Agricultura Tropical da UFMT e achei interessante compartilhar.
Solicitei aos meus alunos do 3º Ano (Turno Matutino) que postassem comentários a respeito, se possível fazendo comparções com o texto posterior publicado neste blog e intitulado "Troque 1 parlamentar por 344 professores.
A meu ver os dois textos mostram uma situação de decadência da educação e da cultura no Brasil, entretanto um projeto de educação sustentado em novos modelos talvez seja um dos caminhos, aposto nisso.

BIG BROTHER BRASIL

(Luiz Fernando Veríssimo)


Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço...A décima primeira (está indo longe!) edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil,... encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.
Dizem que em Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo. Impossível assistir, ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros... todos, na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterosexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE...
Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB. Ele prometeu um “zoológico humano divertido” . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.
Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo.
Eu gostaria de perguntar, se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.
Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis?
São esses nossos exemplos de heróis?
Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros: profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor, quase sempre mal remunerados..
Heróis, são milhares de brasileiros que sequer têm um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir e conseguem sobreviver a isso, todo santo dia.
Heróis, são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna.
Heróis, são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada, meses atrás pela própria Rede Globo.
O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral.
E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!
Veja o que está por de tra$$$$$$$$$$$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.
Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social: moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros?
(Poderiam ser feitas mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores!)
Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.
Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ler a Bíblia, orar, meditar, passear com os filhos, ir ao cinema..., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e jardins... , telefonar para um amigo... , visitar os avós... , pescar..., brincar com as crianças... , namorar... ou simplesmente dormir.
Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construída nossa sociedade.
Um abismo chama outro abismo.

37 comentários:

Lys Fernanda disse...

BBB
Uau! Primeiramente estou impressionada com o texto. Porque além de ser muito realista ele, supostamente, abriu os meus olhos.
De fato o escritor Luis Fernando Veríssimo tem uma percepção aguçada. Pois eu duvido muito que ao menos alguns milhares (dos milhões) de telespectadores tenham refletido um 1% do que ele nos disse.
É verdade que a Emissora e não só ela, como o próprio Governo (atual/anterior, acho que dá na mesma) não investem em assuntos de moral e ética. Que pelo visto é o que está ausente nesta sociedade. Nos importamos tanto em dar risadas, divertir-nos com exposições alheias na tv que nos esquecemos das pessoas que por ventura, não tem este mesmo “prazer”, por exemplo as que morrem todos os dias nas enchentes. A verdade é que na atualidade estamos muito divididos. Cada um no seu próprio “mundo”. Nos esquecendo que por “eventualidade”, ainda somos seres humanos, com carne e osso. E sentimentos, eu creio!
E neste texto cita novamente, a situação dos nossos professores. O que me dá a entender que além da miséria que o nosso país “alimenta”, estamos perdendo a cada dia a essência de sermos seres racionais. A inteligência!
Então eu até posso dizer que o mau humor que muitas vezes entra na sala junto ao professor vem de fora como consequência dessa falta de reconhecimento e má remuneração.
Como eu já dissera anteriormente, posso não ter fundamentos. Mas uma opinião com certeza. E o que mais me entristece é não saber quando isso vai parar!
Até a próxima aula.

Vanderley disse...

Realmente o problema do Brasil é a falta de educação e de uma restruturação dos valores morais e éticos da sociedade é isso que os dois textos me passa a entender, pois o único valor que o “brasileiro” valoriza é a do dinheiro, o resto não importa.
A televisão é uma forte mídia e tem a vantagem de que a maioria são telespectadores (não dão opiniões) em quanto alguns impõe a sua opinião aos telespectadores, exemplo o povo que participa do BBB mostra a seus telespectadores o seguintes valores: trapacear, mentir ,enganar , se submeter a humilhação por dinheiro, além de mostrar(Não só no BBB mas em toda mídia) uma estética fora do padrão brasileiro enfim este programa consegue fazer que uma pessoas desiste de ideias sociais e adapte a ideais individuais visando o lucro.
A minha solução é não assistir ao Comercio humano e buscar conhecimento em outros locais (pois o que o BBB ensina é que só o lucro é o que importa) como na internet apesar de não ser muito seguro de suas informações.
“A ignorância é a mãe de todos os males”.

Vanderley disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

no primeiro texto "troque 344 parlamentares por um professor"pode ser observado o quanto temos um Brasil cheio de desigualdades e no entanto sem valor moral algum.O texto nos mostra através de palavras escritas por um professor da rede pública de ensino o quanto um trabalhador digno é desvalorizado,quando eu digo desvalorizado eu estou me referindo a desvalidez gerada por nossos representantes do "poder" como os parlamentares que dizem ser membro de um parlamento.um trabalhador que sai todos os dias de sua casa para dedicar-se a sua profissão nunca irá conseguir ganhar metade do salário de um parlamentar que chega a Dez Milhões de reais.Agora fica uma pergunta não é uma falta de respeito aos trabalhadores que suam a camisa todos os dias para garantir o sustento de seus familiares?
quanto ao segundo texto referente ao Big Brother Brasil,eu concordo com tudo que foi dito pelo escritor.Parece que estamos perdendo um dos mais preciosos bens que é o valor moral,para mim o BBB não de uma safadeza em rede nacional.no BBB não se dá para tirar nada de útil para vida humana,eu até assistiria ao BBB se eles colocassem dentro daquela casa pessoas que realmente necessitassem o que não é o caso pois a maioria dos participantes já tem carreira formada sendo eles:dentistas,advogados entre outros.
seria ótimo se um Milhão e Meio fosse investido em algo prazeroso para os mais necessitados.
Infelizmente a relação que se dá para fazer de ambos os textos é que os trabalhadores que realmente trabalham não são tão valorizados e considerados heróis quanto aqueles que esperam ganhar uma bolada de uma unica vez e o pior sem precisarem fazer esforço algum para que isso possa acontecer.

Aluna:Carina Nunes 3ºA

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Bia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Douglas disse...

Na minha opinião eu acho que assisti quem quizer,eles simplismente coloca o que as pessoas gostão de ver si as pessoas não gostasse do programa,o programa não daria tanto ipobe.
logico que tem muita coisa errada mais esse é mais um geito de ganhar dinheiro.
na minha opinião isso deveria mudar,
mais condenando o programa não e o melhor geito para isso
ningue e obrigado a gostar do bbb mais tem quem goste quem não gosta não e obrigado a assistir.

casimiro disse...

heroi quem é a populaçao brasileira vivendo com salario inferior comparando com os paises desenvolvidos e falam que nosso salario é o sufiente para sobreviver, e brigam para aumentar um salario de R$ 510,00 para R$ 545,00 nossa mais que aumento significativo!!! mas fazer o que toda eleiçao é assim falam que vam aumentam o salario só para consiguir votos dos trabalhadores que sao enganados toda eleiçao, mas para aumenta o salario deles nao houver briga todo mundo aceitaram e falam eles merecem por que estam trabalhando para populaçao, eu fico rindo com essas entrevistas que fazem na tv, esse é pior congresso do Brasil com tiririca ou sem tiririca é uma palhaçada com a cara dos brasileiros.E dizem que o brasil quase nao existe pobreza , a vá é mesmo eu queria eles fosse no nordeste para ver pobreza a miseria de um povo esquecido pela sociedade.


wesley souza casimiro 3 A

rogerio disse...

(Calébe)

Bem!! Eu acho que o texto em questão Mostra um Verdadeiro lado sobre o BBB, mas é de opniao de cada um assitir ou nao pos cada um assiti sabendo o que vai ver a final é pelas brigas barracos e discuçôes que eleva a audiência.Eu acretido que isso nao interfere na vida de ninguém.
EA questão de dinheiro a rede globo merece esse ganho pos ela não trassmiti BBB op dinha inteiro...

flavinha disse...

Estou impressionada como que nos brasileiros e trabalhadores honesto temos nosso dinheiro jogado fora, por um programa que só nos mostras coisas que não tem valor nenhum cultural, e que todo dinheiro investido no programa poderia servir para melhorar a educação brasileira, um dinheiro que serviria por exemplo para melhorar a saúde, porque é uma vergonha ver hospitais em decadência sem profissionais especializados na área de saúde.
O Big Brother brasil é um programa visto por nos a maioria dos brasileiros como um programa de diversão, mas muitos de nos não sabemos a verdadeira realidade do programa.
aluna Flávia Mendes 3° ano A

Daniela Filipini disse...

O que acontece é que as pessoas interessam-se em demasia pela vida alheia, por futilidades, inutilidades. Estão afogadas no comodismo, esquecendo os verdadeiros valores. Quem se importa com cultura? Coisa de gente careta. Bom, não pra mim.
É incrível a quantidade de tempo que toda uma população desperdiça assistindo à programas como o Big Brother Brasil, qual o grau de intelectualidade isso lhe proporcionará? Nenhum. Não há senso de caráter, "é um jogo", dizem os participantes e apresentadores. E o pior é que esse "jogo" só existe graças a nós, que formamos uma sociedade um tanto desprovida de verdadeiros valores e que damos uma atenção desnecesária a tantas outras futilidades que não deveriam nem mesmo existir.
Já estou cansada de repetir o conselho que Luis Fernando Veríssimo cita no texto: Leia um livro, estude, assista um filme, saia, pratique algum exercício. Não importa o que, mas não perca seu tempo com algo que não acrescentará nada à sua vida, é só tempo perdido. E nós não temos tempo a perder.

loine disse...

ah!gostei mesmo desse texto porque isso retrata a realidade que agora sei. porque antes eu nao sabia pensava era só uma brincadeira, mas agora vejoo que isso custa a vida de milhoes de basileiros que nao tem nada o que comer todos dias enquanto tem gente que nadam no dinheiro e nao liga pra aquelas pessoas que passam fome no mindo inteiro.
Graças a este texto eu acordei e vi o que esta acontecendo no meu Brasil porque é com isso que cada vez mais aumenta a pobreza no nosso país e com isso aumenta a os visiados em drogas no brasil... Que país é esse?Que vivemos. E até onde vai? beijos....tchau... De:loine 3°b

loine disse...

denyfg

dominik disse...

No ritmo que as coisas andam, podemos entender que para as autoridades brasileiras a educação não é prioridade e acabam empurrando para segundo plano um problema que se estende cada vez mais atingindo índices alarmantes e vergonhosos.
Acredito que os maiores investimentos deveriam ser voltados para a educação e formação de professores,ou até se possível um reajuste salarial, para um maior crescimento,pois afinal, se a desigualdade salarial não fosse tão absurda, em meio as corrupções.
Dominik 3°B

vanusa disse...

Sou a favor dessa causa.
O Brasil esconde muitos problemas e um deles é a aprendizagem na escola .Como diz o texto os professores fingem que dão aula ,os alunos fingem que aprendem e os parlamentares fingem que esta tudo bem quando não esta ,a realidade é essa de muitos lugares.
Os eleitores ajudam eles a se eleger ,e muitas vezes quando eleitores precisam viram as costas aos eleitores como nesse caso os professores e alunos precisam de ajuda .A secretaria de educação precisa de verba para a educaçao.
Se os alunos não apreendem como será o Brasil no futuro ?sem emprego.Com certeza terão dificuldade na vida.
VANUSA 3°B

elaine disse...

o Brasil esta perdido mesmo..
O BBB é uma safadeza em rede nacional.
não sabia que a coisa era tão seria.a
Olha que o brasil sofre com a educação,muitas pessoas estão precisando de ajudas..as que ficaram sem casas por causas dos alagamentos..
Essas pessoas tem que ser alertadas do que esta acontecendo..

Elaine 3°B

dominik disse...

Aline 3ºB
Bom hoje um parlamentar é mais valorizado do que trezentos e quarenta e quatro professores.Só para ter uma idéia os professores apesar de ter um estudo bem mais avançado não ganham conforme a sua profissão.
Um professor ganhar mais ou menos, mais de um salário por mês, já um parlamentar ganha mais de vinte mil reais por mês. ele pode ter estudo ou não, ter uma profissão ou não, ele vai ganhar seu salário mesmo sem ser formado, mesmo sabendo que um professor formado trabalha o mês inteiro para ganhar tão pouco dinheiro.
Não precisa trocar um parlamentar por trezentos e quarenta e quatro professores, nós so queremos que sejam justo com essas pessoas, e que ganhe conforme a profissão que ela exerce.
Imagina quem paga o salário de um parlamentar.É verdade, nós que pagamos, porque tudo que compramos tem imposto, e um pouco desse imposto está incluído no salário de um parlamentar entreoutras coisas.

suzy disse...

Como diz o autor o BBB é a pura banalização do sexo, e pra mim isso é verdade, só que por causa dessa banalização a audiência aumenta fazendo o Ibope do programa crescer mais e mais.
Nesse programa vemos que as pessoas mudam e que o dinheiro é o dinheiro está acima de tudo, tudo mesmo. Só que da onde vem esse dinheiro? Simples, do nosso bolso, dinheiro que poderia ser gastos com coisas mais úteis que trazem verdadeiros resultados e que melhorias para o Brasil seguir em frente. Poderiam ser gastos na melhoria de hospitais, escolas, casas para as pessoas que sofreram e sofrem com as enchentes.
Devemos acordar e ver a verdadeira intenção desse programa que não é a diversão de milhares de brasileiros e sim o aumento do seu Ibope.
Aluna: Suzy 3° ano A

casimiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
casimiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
casimiro disse...

Os BBBs herói???? kkkkk

O BBB nunca foi um programa de família, o que nós aprendemos nada só baixaria. Esse programa é um tipo de novela tem os vilões, os mocinhos, as mocinhas tudo de acordo com texto escrito pelo autor do programa.
herói????Quem? Esses "participantes" que fazem baixaria para Brasil inteiro ver.
Na verdade quem o herói nessa história é o trabalhador brasileiro que acorda 5 horas da amanhã para trabalhar e ganha salário baixo para sobreviver com sua família durante o mês inteiro passando dificuldades, ou são aqueles estão no BBB no bem bom da "casa mais vigiada do Brasil".

WESLEY DE SOUZA CASIMIRO 3°A

fabiana disse...

O big brother brasil é uma maneira de ganhar dinheiro, fama muito fácil, mas o que acontece eles só colocam pessoas bem de vida e é muito raro quando eles escolhem uma pessoa simples para colocar lá dentro, realmente não é um programa de família acontece muitas baixaria muitas cenas fortes,mas é disso que o público gosta estão nem ai para bagaçaceira.
Como diz o texto falam que os participantes do bbb são heróis, mas heróis porque, eles só fazem cenas bricam discutem para tentar ganhar o prêmio e se tornar mais um novo milionário da televisão brasileira.
Heróis são aqueles que trabalha duro para pagar suas contas em dia, ter uma vida digna esses sim são heróis...
Fabiana 3° ano A

lucas disse...

lucas ferman 3º A

Bom fazer o que eles são espertos, colocam o que o povo gosta de ver se as pessoas se interessassem por outras coisas como, por exemplo, a corrupção que esta bem embaixo dos nossos narizes pense nisso como seria o Brasil sem corrupção???

lucas disse...

anderson duarte 3º B

bom primeiramente esta obvio que o bbb não e verdadeiro como todos acreditam.
um pro-pio jogador como todos acreditam disse um vez
"na verdade eu jamais me imaginei aqui nesta situação que eu "tô".
nunca mando a fita ?
eu nem assistia esse programa.
e porque você vaio morar aqui ?
"que" que te deu ?
eu não mandei
quem mandou ?
ninguém mano!
porque "tá" aqui ?
me chamaram
eu "tava" um dia na balada,
e falaram numa sexta-feira...
uma semana antes do natal.
me chamaram numa sexta-feira.
ai eu cheguei em casa era 9:00 da manhã...
9:30toca o telefone para saber:
"você quer ir pro rio?"
falei
bora
ai no sábado eu fui pro rio;
Conversei com o pessoal...
ai sai de lá;
mandaram fazer todos os exames...
ai ligaram e falaram:
"dia dois filmagem na sua casa!"
chegaram lá, pegaram me mandaram pro hotel filmei e pronto to aqui.
em quanto isso muitos mandão fitas por nada.
essa e a verdade por traz do BBB.

suzy disse...

Bom na minha opinião assiste quem quer ao BBB ninguem é obrigado assisti se não quiser é só mudar de canal. As pessoas que criticam sao as primeiras a ligarem no programa em dia de paredão, se o programa não desse tanta audiencia a Rede Globo concerteza ela iria colocar outro programa e se colocar na TV sempre vai ter pessoas que são contra, porque tudo vai ter criticas tanto positivas como negativas.
Aluna: Lorraine 3° ano A

casimiro disse...

Quem assiste o big brother brasil, está perdendo o tempo é uma coisa que você percebe só quando lê um texto que mostra o lado da verdade sobre bbb11.
BBB está acabando com a ética dos brasileiros.
Além de perder tempo assistindo um programa que não tem cultura nós gastamos o nosso dinheiro em ligações nas votações de "paredão".

JADIELSON 3°A

Lys Fernanda disse...

O texto relata o quanto o BBB afeta na nossa cultura e moral.
Eu percebi que valorizamos mais a banalização do sexo e as exposições na tv do que a educação precária do nosso país e a mísera saúde pública.
Nos dedicamos mais a parar em frente da tv do que ler um livro, sair com amigos, e como o Luís mesmo disse, ate mesmo dormir.
O Big Brother não nos influencia de forma alguma, há não ser aumentar a nossa prepotência em nos distanciar de programas excêntricos e anti-éticos.
Precisamos combater essa hipocrisia contra a moralidade da sociedade. A solução não só parar de assistir, mas mudar o nosso pensamento, não nos importar com futilidades. Há tanta coisa a ser feita nesse país, como a reintegração da educação. Não podemos ficar silenciados nesse mundinho de inutilidades. Até porque devemos começar por nós mesmos, ninguem muda o "mundo" sozinho. Precisamos de uma conscientização multua. E não de uma crítica individual.

Morganna, 3º ano A, Ensino Médio.

Anônimo disse...

Aluna: Jéssica de Souza 3°A


Impressionate como este texto nos faz refletir sobre o que realmente acontece por traz desses reality shows, o quão tamanho é desperdicío de tempo e dinheiro que tem esses tipos de programas, não posso ser hipócrita ao ponto de dizer não assistia o BBB,mas vale ressaltar que nos anos anteriores apesar de ainda não ser totalmente um programa em que se podia sentar com mulher e filhos e assistir,o Big Brother Brasil parecia ser um programa no qual o propósito era trazer pessoas anônimas e que realmente precisavam do prêmio para competir, o que hoje acontece totalmente o oposto.
Nas ediçoes passads o programa trouxe, pessoas de diferentes opções sexuais, dizendo no intuito de fortalecer a luta contra o preconceito, o que não deixa de ser bom para a sociedade, porém, isso não significa que que os telespectadores sejam constrangidos com cenas nada agradáveis, a cada ano que passa o BBB vem provando que é um programa em que não se acrescenta nada aos nossos conhecimentos e a nossa cultura.O dinheiro que as pessoas desperdiçam com torpedos, ligações etc, realmente poderia ter muitas outras utilidades como ajudar a aqueles que não tem nem uma casa pra morarem, ou não tem nem 2 refeições por dia.E concordo plenamente com tudo o que o escritor Luis Fernando escreveu, e acho que muita gente vai pensar duas vezes antes de assistir esse programa.

BRUNO HENRIQUE disse...

O texto é bastante motivador.Não vou negar,assisto o BBB,mas assisto como se fosse um outro programa qualquer,quando não tem o que assistir,ai acaba gostando.
Lendo este texto,vi o BBB de outra forma,não só como um programa qualquer,mas sim como uma forma de jogar dinheiro fora.
Seria bom se todos que assiste o BBB tivesse acesso a esse texto,quem sabe pelo menos a metade deles mudava de opinião sobre o BBB.
Bruno Henrique 3ºA

BRUNO HENRIQUE disse...

Aluno:Evandro Padilha
Para mim o BBB é um programa que não tem o mínimo de respeito pelos telespectadores.Isso é uma falta de moral ética,transmitir uma coisa qu não tem nenhum aproveitamento educacional e cultural.

BRUNO HENRIQUE disse...

O texto é bastante motivador.Não vou negar,assisto o BBB,mas assisto como se fosse um outro programa qualquer,quando não tem o que assistir,ai acaba gostando.
Lendo este texto,vi o BBB de outra forma,não só como um programa qualquer,mas sim como uma forma de jogar dinheiro fora.
Seria bom se todos que assiste o BBB tivesse acesso a esse texto,quem sabe pelo menos a metade deles mudava de opinião sobre o BBB.
Bruno Henrique 3ºA

BRUNO HENRIQUE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kethelyn Mayara disse...

Realmente este texto abriu meus olhos;percebi que as pessoas que estão lá nem sabem que elas são apenas fantoches para conseguir audiência,colocando-as em situações cabulosas;e elas nem percebem.
Roziéli Inácio de Almeida 3ºA

Kethelyn Mayara disse...

Nunca parei pra pensar como funncionava o famoso bbb...Agora ápos esse texto reparei que esse reality show só é mais uma forma de enganar os olhos de quem o assiste.
Como o Biau diz:"os heróis",não sei o que eles tem de heróis,afinal eles recebem para estar lá,enganam as pessoas que os assistem.
Concordo plenamente com o texto,não concordo com o que as pessoas fazem com sua imagem apenas para aparecer na TV e ser famoso por 15 segundos para depois passarem a ser miseras pessoas que se exposeram a tamanho papel.
Ketlen Mayara 3ºA

Nara Dantas disse...

Muito primoroso o texto, mas as pessoas hoje em dia elas estão asfixiadas no próximo. Ler um livro, estudar e outras elementos estabelicios no textos é momice pra alguns. Como retrata o texto da fala de Pedro Bial que os participantes do bbb são "heróis", heróis porque? eles ficam "3 meses" em uma casa maravilhosa e estão concorrendo um prêmio e tornar mais um novo milionário da televisão brasileira, ser herói em desenhos animados é ajudar aquele que precisa não? E lá na casa 99% dos participantes tem emprego fixo, temos lá médico, advogado, modelos etc. E os brasileiros, perde seu tempo assistindo algo sem futuro, entregando seu dinheiro na "inocência", e deveria ajudar quem realmente precisa, como as familias que perdeu tudo o que tinha em enxurradas que eles sim podem ser considerados heróis, por estar vivos e lutando pra ter tudo de novo .

Indianara Dantas 3°A

Leeh disse...

-Oiie proof..aki é a Leticia da Costa do 2ªano A do periodo da manhã..nao achei o espaço especifico para fazer o comentaário sobre o trabalho,ai achei este espaço aqui.e vim falar um pouquinho sobre o nosso trabalho:o nosso trabalho fala sobre(CONDIÇÕES DA ESCRAVIDÃO AFRICANA)os portugueses foram os primeiros a realizar o comércio de escravos..O tráfego negreiro unia interesse na África,Europa e América.!
boom prof é uma paarte do que teenho pra poostar aki.agora deixa com agente na sala de aula;Bjo*